Cirurgia Torácica do Vale

Câncer de Pulmão: principais tipos e tratamentos disponíveis

Câncer de Pulmão: principais tipos e tratamentos disponíveis

Imagem: Câncer de Pulmão: principais tipos e tratamentos disponíveis

O câncer de pulmão é o segundo tipo de tumor mais frequente entre os brasileiros, de acordo com o INCA – Instituto Nacional de Câncer. Apesar de o registro de casos estar em queda nos últimos anos, graças a uma campanha intensiva de conscientização sobre os riscos do tabagismo e sobre a importância de manter hábitos de vida saudáveis, a doença ainda tem grande incidência e altos índices de mortalidade entre a população. 

Para 2020, o INCA estima o diagnóstico de 30.200 novos casos de câncer de pulmão no Brasil, sendo 17.760 em homens e 12.440 em mulheres. A grande dificuldade no tratamento deste tipo específico de câncer é que seus sintomas não costumam se manifestar de forma evidente até que a doença já esteja avançada.

De uma forma geral, pacientes com câncer de pulmão relatam os seguintes sintomas:

  • Dor no peito;
  • Dificuldade para respirar;
  • Rouquidão;
  • Tosse recorrente;
  • Fadiga extrema;
  • Perda de peso;
  • Escarro com sangue;
  • Entre outros.

Tipos de câncer de pulmão

As principais características do câncer de pulmão indicam para uma doença agressiva, com potencial para metástases e que precisa de detecção precoce para que as chances de cura sejam maiores.

O tabagismo continua sendo a principal causa para o desenvolvimento da doença, mas outros fatores também podem aumentar as chances de câncer, como: idade avançada, exposição a agentes químicos no ambiente de trabalho, excesso de poluição e tabagismo passivo.

Existem, basicamente, dois tipos principais de câncer de pulmão, que são definidos de acordo com as características das células presentes no tumor. São eles:

Câncer de pulmão pequenas células – Nesta categoria de câncer de pulmão, está o carcinoma indiferenciado de pequenas células, que pode ser de três subtipos: linfocitóide, intermediário ou combinado.

Câncer de pulmão não pequenas células – É o tipo mais comum de câncer de pulmão. Os tumores de não pequenas células podem ser: carcinoma epidermóide, adenocarcinoma e carcinoma de grandes células.

Cada tipo de câncer de pulmão exigirá uma abordagem específica de tratamento, de acordo com o estágio da doença e avaliação médica.

Tratamentos para câncer de pulmão

O câncer de pulmão é mais frequente em pessoas com mais de 65 anos de idade, especialmente aquelas que fumaram durante a vida. Como a doença não causa sintomas evidentes na fase inicial, é comum que o diagnóstico ocorra quando a doença já se encontra em estágio avançado.

A detecção do câncer de pulmão é, geralmente, feita a partir do histórico do paciente, exame físico e laboratoriais, como ultrassonografia endobronquica e raio-X do tórax. Nas suspeitas de câncer, o médico também solicita a biópsia do tecido pulmonar.

Confirmado o diagnóstico, as opções de tratamento são: cirurgia, radioterapia e quimioterapia. O médico pode indicar tratamentos combinados, de acordo com o estágio da doença.

Prevenção do câncer de pulmão

Como o câncer de pulmão tem forte ligação com o hábito do tabagismo, a primeira e mais importante recomendação para a prevenção da doença é deixar de fumar. Estimativas indicam que mais de 80% das pessoas que morreram por câncer de pulmão eram fumantes.

Fatores genéticos, histórico familiar, idade avançada e hábitos de vida também podem ter influência sobre o desenvolvimento do câncer de pulmão. Em pessoas não fumantes, a doença pode se manifestar em decorrência do tabagismo passivo (ficar muito tempo perto de pessoas que estão fumando) ou exposição a agentes químicos cancerígenos e radiação.

As principais recomendações para prevenir o câncer de pulmão são:

  • Levar uma vida saudável;
  • Praticar atividades físicas;
  • Ter uma alimentação balanceada, com diversidade de frutas, verduras e legumes;
  • Não fumar;
  • Evitar o tabagismo passivo;
  • Reduzir a exposição à poluição e a agentes químicos, especialmente no ambiente de trabalho;
  • Fazer check-ups regulares de saúde para o possível rastreio precoce de doenças.

Tenha em mente que o câncer de pulmão, assim como outras doenças, se manifesta de forma diferente em cada pessoa. Por isso, a melhor maneira de obter informações seguras, diagnosticar e tratar o tumor é com a avaliação individualizada feita por um médico especialista.

Como o câncer de pulmão é uma doença silenciosa, fique atento a qualquer sintoma estranho e agende uma consulta com um pneumologista ou oncologista de sua confiança!

Data: 20/08/2020

Voltar