Cirurgia Torácica do Vale

Recuperação Rápida após Cirurgia Torácica: Dicas e Orientações

Seguir uma dieta equilibrada e fazer exercícios respiratórios e repouso contribuem para uma recuperação rápida do paciente

Veja também: Tecnologias Avançadas em Cirurgia Torácica

Recuperação Rápida após Cirurgia Torácica: Dicas e Orientações
Recuperação Rápida após Cirurgia Torácica: Dicas e Orientações

Realizar uma cirurgia torácica pode ser um importante divisor de águas na vida de um paciente com doenças respiratórias ou problemas na região do tórax. Esse tipo de procedimento é indicado para o tratamento de várias condições que afetam os pulmões, a traqueia, a parede torácica, os brônquios, pleuras e mediastino.

Hoje, existem vários procedimentos minimamente invasivos na cirurgia torácica que garantem excelentes prognósticos e uma recuperação mais rápida e menos dolorosa para o paciente.

No entanto, mesmo com métodos mais modernos e tecnológicos de cirurgia, é preciso que o paciente siga dicas e orientações para ter um bom pós-operatório.

Obviamente, cada pessoa e cada organismo consegue se restabelecer de uma forma específica ao longo do pós-operatório, de acordo com a complexidade do procedimento e o tipo de doença que está sendo tratado. Mesmo assim, as recomendações médicas devem ser cumpridas à risca, a fim de evitar qualquer chance de complicação.

Para grande parte dos pacientes, é possível ter um pós-operatório rápido e tranquilo seguindo dicas e orientações simples, como vamos apresentar a seguir.

A importância da cirurgia torácica minimamente invasiva

Os métodos minimamente invasivos de cirurgia torácica têm um papel fundamental na garantia de uma recuperação rápida e segura para os pacientes. Isso porque, a partir de procedimentos realizados com o auxílio de robôs, videotracoscopia e tecnologias 3D, é possível reduzir o tamanho das incisões e ter mais precisão.

Na forma tradicional como esse procedimento era feito no passado, o cirurgião precisava fazer cortes grandes que geravam uma recuperação mais lenta e dolorosa. Com os avanços médicos das últimas décadas, no entanto, é possível realizar todas as ações cirúrgicas com movimentos mais delicados e precisos e com incisões pequenas, que diminuem até as cicatrizes no corpo.

Cuidados no pós-operatório da cirurgia torácica

O momento do pós-operatório costuma ser bastante decisivo para o resultado de um procedimento. A recomendação médica é que, a partir do momento da alta, o paciente evite esforços físicos durante as primeiras semanas e tenha uma dieta balanceada, com muita hidratação.

Geralmente, também é receitado um analgésico e anti-inflamatório para o paciente. Quando o indivíduo tem a persistência de dores, é possível fazer o tratamento com uma variedade de recursos, incluindo medicações orais, venosas, bloqueios intercostais e peridurais.

O local onde foi feita a incisão deve ser mantido limpo e seco. Neste sentido, o médico deve instruir o paciente sobre a melhor forma de higienizar a área, para evitar infecções.

Como a cirurgia torácica pode alterar a capacidade de respiração, em muitos casos é necessário realizar exercícios respiratórios para recuperar o ritmo e fortalecer a musculatura dessa região. Nesta fase, a ajuda de um fisioterapeuta pode ser necessária. 

Cada paciente pode ter demandas específicas e necessitar de um olhar especializado para ter um bom pós-operatório. Por isso, é importante conversar atentamente com o médico, seguir as recomendações e comparecer a todas as consultas de acompanhamento posteriores à cirurgia.

Sintomas preocupantes após a cirurgia torácica

Apesar dos avanços e da segurança que a cirurgia torácica proporciona hoje, a dor torácica no pós-operatório é um indicador que deve chamar atenção.

O paciente deve ser medicado para amenizar qualquer desconforto, mas precisa ficar atento ao tipo e intensidade da dor, já que essa alteração pode indicar problemas cardiovasculares, neurológicos e respiratórios que afetam a recuperação plena.

No caso da persistência dos sintomas, principalmente na região da cirurgia, ou ao sentir dores fortes em repouso ou ao respirar, é preciso procurar a equipe médica para uma avaliação. Os períodos de dores mais intensos são entre 48 e 72 horas depois da operação e, caso o quadro se estenda, é importante passar por uma reavaliação.

Vale destacar, no entanto, que a maioria dos pacientes sente dores de nível leve a moderado depois de realizar uma cirurgia torácica. Esses quadros são devidamente tratados com o uso de analgésico e com o cumprimento das recomendações médicas de descanso e repouso.  

Outro sintoma que costuma aparecer após uma cirurgia torácica é a constipação, já que a necessidade de repouso tende a 'travar' o intestino', o que causa também dor abdominal. Por isso, é preciso seguir uma dieta balanceada.

Orientações para a vida após a cirurgia torácica

O retorno do paciente à sua vida normal, após a cirurgia torácica, deve ser feito de forma gradual e cuidadosa. Essa volta depende do nível de complexidade da cirurgia e do quadro geral de saúde do indivíduo, levando em conta possíveis complicações, ocorrência de dores e a adaptação à cirurgia.

De forma geral, o retorno ao trabalho pode acontecer em cerca de duas semanas, caso a profissão executada não exija esforços físicos ou movimentos que possam afetar o local da cirurgia.

Da mesma forma, os exercícios físicos devem ser de baixo impacto nos primeiros meses, evitando o levantamento de pesos.

Nos primeiros dias após o procedimento, é necessário evitar viagens e movimentações longas, mesmo os deslocamentos feitos de carro, já que eles privam o indivíduo da movimentação nas pernas.

Para dirigir, o paciente deve estar em um quadro de saúde avançado, pois o uso de medicamentos pode atrapalhar a condução.

Todos esses fatores devem ser analisados individualmente pelo médico, mas é sempre importante que o paciente siga um estilo de vida saudável após a cirurgia. Além disso, é imprescindível evitar o tabagismo.

Alguns cuidados que são adotados no momento do pós-operatório da cirurgia torácica podem precisar ser mantidos ao longo da vida do paciente, especialmente quando o procedimento é realizado para tratar uma doença grave ou crônica.

Conte com a assistência dos médicos da Cirurgia Torácica do Vale!

O sucesso de uma cirurgia torácica depende também da qualificação e experiência da equipe médica.

Para ter bons resultados e um atendimento personalizado e humano, conheça o trabalho dos médicos da Cirurgia Torácica do Vale. Entre em contato e saiba mais sobre a atuação dos nossos cirurgiões torácicos.  

Veja também: Pós-operatório

Voltar

Tecnologias Avançadas em Cirurgia Torácica

O avanço das tecnologias médicas registrado nas últimas décadas permitiu o desenvolvimento de técnicas de cirurgia torácica que antes eram inimaginávei...

[Leia mais]

Quais são as principais doenças pulmonares ocupacionais?

As doenças pulmonares ocupacionais, ou seja, aquelas que surgem em decorrência da exposição frequente a substâncias nocivas à saúde no ambiente de trabal...

[Leia mais]

Pulmão virtual mostra estruturas internas do órgão em movimento

Engenheiros da USP desenvolvem sistema em realidade virtual que permite a visualização do movimento do pulmão e das suas estruturas internas. Além de servir para treinament...

[Leia mais]