Cirurgia Torácica do Vale

O que é estenose de traqueia?

A estenose de traqueia é a obstrução parcial ou total da área interna do órgão. O tratamento depende da condição do paciente

Veja também: Complicações possíveis em cirurgia torácica

O que é estenose de traqueia?
O que é estenose de traqueia?

A traqueia é um órgão localizado entre a laringe e os brônquios, de natureza tubular, cartilaginosa e cilíndrica. Cumpre com a função de filtrar, umedecer e aquecer o ar que respiramos para conduzi-lo até os pulmões.

Esta parte do corpo humano compõe o sistema respiratório ao lado da faringe, das fossas nasais, da laringe, dos brônquios e, claro, dos pulmões. 

A estenose de traqueia é um problema sério que pode atingir essa região e que se caracteriza pela obstrução da área. 

Para saber o que é estenose de traqueia, quais são suas causas, além dos sintomas e tratamentos, continue lendo este artigo.

O que causa a estenose de traqueia?

Este tipo de fechamento da traqueia pode ser causado pela formação de um processo cicatricial dentro do órgão, quando este evolui para a oclusão parcial ou total do orifício interno, o que impede que o ar possa passar pelo local. 

Neste caso, o problema normalmente é resultado de um processo de intubação, como quando o paciente precisa ser colocado em ventilação artificial. Dentre as razões para tal, podemos citar:

  • Realização de cirurgias com anestesia geral;
  • Trauma automobilístico;
  • Pneumonia grave;
  • AVC;
  • Insuficiência respiratória.

Outra causa para a estenose de traqueia é a aparição de um tumor na região, que pode ser do tipo benigno ou maligno.

Quais são os principais sintomas da estenose de traqueia?

Os sintomas mais comuns causados pela estenose traqueal são:

  • Barulho ou chiado na garganta;
  • Tosse, com ou sem a presença de secreção;
  • Alteração na voz;
  • Fôlego curto, mesmo sem a realização de esforço;
  • Dificuldade geral para respirar, podendo ser moderada ou intensa.

Tais sintomas podem aparecer em função de outras enfermidades ou combinadas a elas. Por isso, o atendimento de um médico especializado é imprescindível para a realização de um diagnóstico adequado.

Os sinais clínicos já são indicativos da estenose traqueal, mas o diagnóstico correto da doença é feito através de tomografias computadorizadas e broncoscopias.

Como tratar estenose de traqueia?

Depois da confirmação da condição pelo médico responsável, o tratamento da estenose de traqueia é estabelecido segundo o quadro do paciente.

Entre as principais opções de tratamento, podemos destacar: 

Ressecção do tecido estenosado

Umas das opções mais recomendadas consiste na retirada do tecido da região, a chamada traqueoplastia. 

Em casos de tratamento em adultos, é possível que haja certa dificuldade para ressecar toda a área comprometida, já que a traqueia de uma pessoa adulta tem em média de 12 a 16 centímetros de comprimento.

Ressecção por laser de estenose traqueal

Luz traqueal totalmente aberta.

Imagens endoscópicas de Ressecção por laser de estenose traqueal, a primeira ressecando e a segunda aspecto final, com a luz traqueal totalmente aberta. 

Broncoscopia com dilatação

Indicada em casos emergenciais, é um procedimento endoscópico que consiste na dilatação da traqueia com endoscopia respiratória.

Aplicação de cautério e/ou laser

Possível apenas em menos de 10% das estenoses, este tipo de tratamento é realizado em alguns casos específicos. 

Colocação de Próteses Traqueais

Utilização de próteses traqueais, que ficam localizadas na área de estenose, normalmente colocadas após um procedimento de dilatação ou aplicação de laser, com o intuito de moldar e não deixar que haja a reestenose.

O tempo de permanência da prótese, vai depender do modelo e das características do quadro de base (estenose)

Traqueostomia

Se trata de um procedimento cirúrgico que também é indicado em casos emergenciais, como quando a broncoscopia não é viável, por exemplo.

Se caracteriza pela realização de uma abertura na traqueia, na qual uma cânula específica é introduzida e fica locada abaixo da região estenosada.  Esta fica no paciente temporariamente ou, em casos mais raros, de modo permanente.

Quais os riscos de uma cirurgia de estenose traqueal?

A cirurgia de estenose traqueal dura de duas a três horas, em média. E, como qualquer procedimento, ela oferece riscos para o paciente. 

As principais complicações que podem acontecer são:

  • Pneumonia
  • Malácia, ou seja, a perda da cartilagem da traqueia, deixando a parede “mole”. Sem resistência.
  • Formação de granulomas, que são nódulos que surgem no tecido, causados por uma inflamação
  • Retorno da estenose

Logo, pode-se concluir que o tratamento da estenose traqueal é algo complexo. 

Qual médico cuida da traqueia?

Habitualmente são três especialidades que cuidam desse tipo de problema:

  1. Cirurgião Torácico
  2. Otorrinolaringologista
  3. Cirurgião de Cabeça e Pescoço

Quais são os cuidados necessários depois do tratamento de estenose de traqueia?

A indicação principal para se recuperar de uma estenose traqueal é: respeite o tempo de repouso.

Caso a opção de tratamento indicado tenha sido um procedimento cirúrgico um pouco mais invasivo, o repouso é essencial.

Na primeira semana depois da operação, o paciente é orientado a evitar levantar o pescoço, de modo que deve permanecer com o olhar levemente inclinado para baixo ou no sentido horizontal. 

Esta medida é necessária porque levantar o pescoço pode acabar forçando a região da anastomose, ou seja, o local que foi suturado, o que aumenta o risco de surgimento de uma nova estenose ou até mesmo de uma ruptura.

Em alguns casos, é possível que o médico deixe um ponto fixando o queixo ao tórax do paciente, para restringir a movimentação. Este ponto normalmente é retirado antes de a pessoa receber alta. 

Mesmo depois de sair do hospital, é importante evitar a realização de grandes esforços, principalmente no primeiro mês. Siga as recomendações médicas para um pós-operatório seguro e tranquilo.

Caso vá passar por este tipo de tratamento, também não deixe de consultar seu médico para sanar suas dúvidas em relação ao uso de certos medicamentos. Procure imediatamente um profissional da saúde em caso de complicações.

Cirurgia Torácica do Vale

Cirurgia Torácica do Vale é formada por um grupo de médicos especialistas. A equipe está presente em consultórios e ambulatórios do Vale do Paraíba, além de atuar na retaguarda de muitos hospitais. Confira outros conteúdos do nosso blog e instagram:

Veja também: Estenose de Traquéia

Voltar

Saúde Suplementar

Sancionada lei que define regras para contratualização de médicos e obriga substituição de profissionais descredenciados. Os planos de saúde serão obri...

[Leia mais]

Médicos austríacos realizam primeiro transplante de pulmão em paciente com Covid-19 da Europa

Recentemente, médicos da Universidade Médica de Viena, na Áustria realizaram o primeiro transplante de pulmão da Europa em um paciente com Covid-19. O procedimento, caracte...

[Leia mais]

Pneumologista: o médico responsável pelo tratamento de doenças pulmonares

A crise de saúde instaurada no mundo pela pandemia de Covid-19 colocou em evidência uma especialidade médica que tem grande importância no tratamento de várias doen&cc...

[Leia mais]