Cirurgia Torácica do Vale

Cirurgia Torácica em Idosos: desafios e soluções

Saiba quais métodos cirúrgicos são mais adequados para pacientes idosos e conheça os fatores que devem ser levados em conta antes da operação

Veja também: O que é estenose de traqueia?

Cirurgia Torácica em Idosos: desafios e soluções
Cirurgia Torácica em Idosos: desafios e soluções

O rápido envelhecimento da população mundial impôs aos médicos a necessidade de ressignificar a medicina, adotando um olhar voltado à prevenção de doenças e à qualidade de vida.

Neste contexto, a cirurgia torácica em idosos também evoluiu para atender às demandas e especificidades desse público, com a oferta de soluções inovadoras e procedimentos minimamente invasivos.

Graças aos avanços da área médica, hoje a cirurgia torácica em idosos é mais segura e pode oferecer uma recuperação mais rápida, com uma abordagem multidisciplinar que leva em conta o quadro do paciente.

Fatores como a capacidade funcional do idoso, comorbidades e características sobre sua trajetória de vida podem fazer com que as ações tomadas durante um tratamento cirúrgico torácico sejam mais ersonalizadas.

Vale lembrar que, nessa etapa da vida, os sistemas respiratório e cardiovascular enfrentam mudanças progressivas, e essas transformações anatômicas fazem com que seja preciso realizar um pré-operatório bastante cuidadoso.

Como tornar a cirurgia torácica em idosos mais segura?

Para que a cirurgia torácica em idosos seja mais segura, é fundamental que a equipe médica faça uma avaliação pré-operatória completa e detalhada, que inclua a avaliação cardíaca, avaliação pneumológica e avaliação nutricional.

Esses dados ajudam a rastrear qualquer tipo de condição que possa trazer uma complicação no momento da operação, e garantem que seja possível tratar o quadro com mais precisão.

Além disso, a etapa de pré-operatório também permite que o risco cirúrgico seja identificado e que sejam adotadas medidas para cuidar do paciente de forma mais ampla no momento da intervenção.

Desse modo, na realização de uma cirurgia torácica em idosos, a colaboração de uma equipe multidisciplinar é essencial.

Adicionalmente, existem outros fatores que podem fazer com que a cirurgia seja mais segura, como, por exemplo, a implementação de cuidados pré-operatórios e pós-operatórios regrados e planejados, que incluem o bom preparo mental e emocional do paciente para a cirurgia, a realização de fisioterapia respiratória e uma boa condição de recuperação.

Principais abordagens utilizadas na cirurgia torácica em idosos

A cirurgia torácica em idosos pode ocorrer a partir de diferentes abordagens cirúrgicas, mas, para o sucesso da operação, é preciso que o procedimento seja pensado de acordo com as necessidades do paciente e sua condição clínica.

De forma geral, a cirurgia  torácica  pode  ser  realizada  por  meio  de  abordagens convencionais, como a toracotomia, que faz a abertura do tórax de modo mais 'radical'. No entanto, as técnicas minimamente invasivas são as mais indicadas para pacientes idosos, pois evitam o aumento da morbidade, trazendo resultados cirúrgicos mais adequados.

A cirurgia torácica vídeo assistida (VATS) e Robótica (RATS), são realizadas apenas com pequenas incisões. Durante o procedimento, o cirurgião tem pleno controle da operação através das imagens captadas pelas câmeras, o que aumenta de forma considerável a segurança e precisão do procedimento.

É importante que a decisão sobre a abordagem cirúrgica seja feita levando em consideração a idade do paciente, justamente para minimizar sintomas que possam prejudicar a qualidade de vida nessa faixa etária.

De acordo com um estudo médico publicado no Contemporary Journal, as cirurgias minimamente invasivas conseguem ter um impacto mais positivo no público da terceira idade, sendo o método mais recomendado.

Benefícios da cirurgia torácica em idosos

Com um método seguro, profissionais capacitados e uma equipe dedicada aos cuidados do paciente, a  cirurgia  torácica em idosos acontece de forma segura. No caso das VATS (cirurgias vídeo assistidas) e RATS (Cirurgia Robótica), os idosos têm como principais benefícios um menor tempo de internação e uma redução significativa na ocorrência de complicações pulmonares.

Lembrando que os cuidados adotados após a operação são essenciais para um resultado satisfatório. A reabilitação física, nesse sentido, é importante para reduzir os impactos do procedimento e garantir que o idoso fique ativo e consiga retomar suas atividades.

Como evitar complicações?

O público idoso é mais sujeito a alguns tipos de complicações clínicas, como, por exemplo, o desenvolvimento de condições respiratórias, como pneumonia ou insuficiência respiratória.

Outras complicações que não são raras neste público são as cardíacas, incluindo infarto, arritmias e tromboembolismo.

No entanto, com os exames obrigatórios e uma boa avaliação antes da cirurgia, é possível adotar os protocolos corretos para reduzir riscos e garantir um procedimento bem-sucedido.

O momento da cirurgia torácica em idosos também deve ser bastante cuidadoso e planejado, bem como o pós-operatório.

Normalmente, o idoso retorna para a casa por volta de 3 dias após a cirurgia, dependendo da avaliação da equipe médica e da condição do paciente.

Após a alta hospitalar, é esperado que o idoso tenha uma melhora progressiva no seu quadro geral de saúde, mantendo o acompanhamento regular com o médico responsável pelo procedimento.

Para que o resultado seja positivo, é fundamental seguir à risca as orientações médicas e manter um estilo de vida saudável após a cirurgia. Neste sentido, o apoio e o suporte da família são essenciais para a recuperação do idoso.

Para saber mais sobre as técnicas de cirurgia torácica para idosos e as principais indicações desses procedimentos, entre em contato com a equipe da Cirurgia Torácica do Vale!

Veja também: Hérnia Diafragmática

Voltar

Quais são as principais doenças pulmonares ocupacionais?

As doenças pulmonares ocupacionais, ou seja, aquelas que surgem em decorrência da exposição frequente a substâncias nocivas à saúde no ambiente de trabal...

[Leia mais]

Recuperação Rápida após Cirurgia Torácica: Dicas e Orientações

Realizar uma cirurgia torácica pode ser um importante divisor de águas na vida de um paciente com doenças respiratórias ou problemas na região do tórax. Esse ...

[Leia mais]

Procedimentos Comuns em Cirurgia Torácica

A cirurgia torácica é uma especialidade médica complexa e de grande importância para o tratamento de diversas doenças e condições que acometem a á...

[Leia mais]